Jaraguá do Sul é pioneira com lei municipal em defesa das prerrogativas

24/09/2018 - Geral

posse Brincas.jpg Brincas, em sua posse: “lei específica inibe violação”

Com incentivo e apoio da OAB/SC, o município de Jaraguá do Sul criou a primeira lei no País que reconhece a violação das prerrogativas dos advogados como ilícito funcional passível de punição, nos termos do Estatuto dos Servidores Públicos Municipais. A matéria, aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, em dezembro de 2017, foi proposta pelo ex-vereador Luis Fernando Almeida e contou com apoio do Conselheiro Estadual da OAB/SC, Romeo Piazera. “Conseguimos construir essa legislação com o apoio do Legislativo e do Executivo. Trata-se da única lei no Brasil que reconhece como ilícito funcional a violação das prerrogativas dos advogados quando no exercício de suas atividades”, destaca Piazera.

"Essa legislação é o primeiro fruto na direção de uma regulamentação muito importante para o exercício da advocacia", celebra o presidente da OAB/SC, Paulo Marcondes Brincas. Uma legislação específica para a área pública resguardando as prerrogativas profissionais da advocacia é uma das bandeiras da OAB/SC, que vem sendo manifestada desde a posse da atual gestão. Em seu discurso ao assumir o cargo, o presidente defendeu a criação de uma legislação específica para a área pública para inibir a violação das prerrogativas dos advogados. “A iniciativa de Jaraguá do Sul ajuda a transpor uma grande barreira para a advocacia”, considera Brincas.

 

 

 

PRÓXIMA ->

Assessoria de Comunicação da OAB/SC


Últimas notícias