Projeto Conversa com a Advocacia já recebeu diversas sugestões e chega a Florianópolis na sexta-feira (26)

15/04/2019 - Geral

Conversa com Advocacia Capital.jpeg

Na reta final da primeira etapa do projeto Conversa com a Advocacia, que levou o presidente da OAB/SC, Rafael Horn, a percorrer todo o Estado, advogados e advogadas catarinenses devem se reunir em Florianópolis para mais um encontro da programação. Será no dia 26 de abril na sede da Seccional a partir das 14h.

De janeiro a março a agenda do presidente contemplou além das visitas às Subseções por ocasião das posses das novas diretorias, também reuniões com profissionais de todas as regiões. “O que fizemos com este ciclo de conversas foi manter um canal de interlocução com a classe para a construção de um plano de gestão coletivo. Com a medida, conseguimos apresentar para as nossas Subseções as metas para o triênio e buscar sugestões para aprimorar nossa atuação. Vamos seguir com o projeto para fazermos uma gestão compartilhada e de diálogo com a advocacia catarinense”, explicou Horn.

Entre os principais pontos da apresentação, o dirigente abordou as medidas já tomadas e o planejamento de ações pela: valorização profissional; aprimoramento da advocacia; defesa dos honorários advocatícios; transparência, inclusividade, inovação, eficiência e democratização da gestão; defesa das prerrogativas; protagonismo e independência institucional; anuidade congelada e emolumentos reduzidos; responsabilidade fiscal; jovem advocacia; fiscalização e regionalização do Tribunal de Ética, entre outros.

Com a medida, inédita e inovadora, o objetivo inicial também foi alcançar as necessidades e a realidade da advocacia em cada município. A partir de agora, os pontos traçados serão incluídos no plano de gestão e poderão ser acompanhados com transparência. Em paralelo, a controladoria-geral da OAB/SC, criada nesta gestão, deve monitorar os resultados e assegurar mais eficiência à Seccional.

“O balanço desta primeira etapa do projeto foi muito positivo. Acertamos ao propor este importante debate. Todas as demandas serão consideradas. Nossas equipes técnicas irão avaliar criteriosamente as sugestões recebidas e, de acordo com sua importância e viabilidade, os assuntos serão retomados para que possamos implantar as mudanças pretendidas no Estado e atender os anseios de toda a advocacia catarinense”, resumiu Horn.

Assessoria de Comunicação da OAB/SC


Últimas notícias