Fiscalização desativa escritório irregular em Camboriú


09/02/17

A Comissão de Fiscalização e Valorização do Advogado da Subseção de Camboriú desativou escritório irregular no município, na última quarta (8). A denúncia foi de uma advogada, após verificar que a publicidade do escritório infringia o Código de Ética e Disciplina da OAB. 

Durante a ação no local, foi comprovado que além da propaganda irregular um homem se passava por advogado, sem o registro da OAB, e começaria a captar clientes na área do Direito Previdenciário.
“Não foi preciso lavrar termo circunstanciado, tudo foi resolvido com diálogo. Retiramos a publicidade do local e nos certificamos que o escritório não existe mais”, explicou o presidente da Comissão de Fiscalização e Valorização do Advogado, Nícaro Machado.

A operação contou com o apoio das comissões de Assuntos da Polícia, de Segurança, e de Prerrogativas da Subseção. A presidente da Subseção de Camboriú, Jucélia Vinholi Monteiro, também acompanhou a ação.